Projetos

Impactos locais gerados por usinas hidrelétricas

A geração de energia elétrica é fundamental para o desenvolvimento econômico do Brasil. As usinas hidrelétricas, que produzem mais de 60% de toda eletricidade consumida no país, são uma opção relativamente barata de produção energética. Contudo, as hidrelétricas são geralmente associadas a impactos socioambientais negativos, como deslocamento de populações e alagamento de áreas florestais e de propriedades. Por isso, quando novas construções são planejadas, ambientalistas, tomadores de decisão e outros setores da sociedade civil se envolvem em intensos debates sobre vantagens e desvantagens desse tipo de fonte energética.

A falta de evidência sistemática sobre os reais impactos socioambientais causados pelas 198 usinas hidrelétricas em operação no Brasil incentivou o desenvolvimento desse projeto, que visa preencher essa lacuna. Para isso, os pesquisadores cruzaram informações sobre 82 usinas construídas entre os anos 1990 e 2000 no Brasil. Diversos dados são utilizados, como imagens de satélite sobre desmatamento e aglomeração urbana, e informações sobre saúde pública, finanças municipais, emprego e renda. Em seguida, estima-se o impacto de cada hidrelétrica construída.

A pesquisa mostra, principalmente, que os impactos das hidrelétricas sobre a vegetação nativa são muito diversos. Enquanto algumas construções provocam impactos negativos, outras não parecem causar qualquer efeito significativo. Em alguns casos, elas parecem auxiliar na conservação de áreas que, na ausência de usinas, seriam convertidas em pastagens, por exemplo. No entanto, é preciso mais investigação sobre as razões pelas quais algumas construções geram mais impacto do que outras.

Outra descoberta é a de que construções de hidrelétricas alteram a economia dos municípios afetados. A arrecadação municipal aumenta, mais empregos são gerados e novas empresas se estabelecem nessas localidades. Porém, essas mudanças parecem ser passageiras na maioria dos casos, desaparecendo alguns anos após o início das obras.

Esse projeto contribui para o debate público sobre os aspectos positivos e negativos das hidrelétricas já construídas no Brasil. Em particular, o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), principal financiador de grandes projetos de infraestrutura, pode usar as informações dessa pesquisa para tomar decisões de como direcionar seus investimentos, a fim de minimizar custos e maximizar benefícios ambientais.

Usina Hidroelétrica Itaipu Binacional” por Deli Williams está licenciada sob CC BY 2.0

Projetos relacionados

Crédito Rural no Brasil

Climate Policy Initiative

Intensificação na pecuária e implementação do Código Florestal

Agroicone

Impactos da expansão da cana-de-açúcar no Brasil

Climate Policy Initiative

Infraestrutura de transportes e produtividade agrícola

Climate Policy Initiative

Código Florestal: Desafios para a regularização ambiental

Climate Policy Initiative

Restauração florestal

Agroicone

Moldando as políticas de combate ao desmatamento na Amazônia

Climate Policy Initiative

Oportunidades florestais nas cadeias do agronegócio

Agroicone

Modelos climáticos e hidrológicos e restauração florestal

Agroicone

Radiografia de pastagens degradadas

Agroicone

Mapeamento de uso e cobertura do solo

Agroicone

Cenários de otimização da adequação ambiental

Agroicone

Instrumentos para implantação do Cadastro Ambiental Rural

Agroicone

Florestas energéticas na geração de bioenergia

Agroicone

Sistema de análise multitemporal da vegetação – SATVeg

Agroicone

Instrumentos de planejamento das paisagens agrícolas sustentáveis

Agroicone

Código Florestal, carbono e mitigação de gases do efeito estufa

Agroicone

Uso da madeira na geração de eletricidade no Brasil

Agroicone

Análise de compensação de Reserva Legal e Cota de Reserva Ambiental

Agroicone

Terras protegidas e a dinâmica do desmatamento na Amazônia

Climate Policy Initiative

Roadmaps setoriais para implementação do Código Florestal

Agroicone

Eletrificação, produtividade agrícola e desmatamento no Brasil

Climate Policy Initiative

Código Florestal em Números

Agroicone

Publicações relacionadas

Notícias relacionadas

abr.2017

Analista do CPI discute conversão de multas ambientais e legislação comparada na SRB

Joana Chiavari apresentará dois trabalhos ao Comitê de Sustentabilidade.

abr.2017

Falta de regulamentação impede que conversão de multas em serviços ambientais seja adotada no Brasil

Em nova publicação, analistas do CPI propõem ajustes na legislação para que mecanismo possa ser utilizado

fev.2017

Cerrado possui ainda 15,5 milhões de hectares de pastagens altamente aptas para agricultura

Para orientar o planejamento do uso da terra e a expansão da soja no bioma, análise da Agroicone, pelo projeto INPUT, aponta as áreas de pastagens com aptidão agrícola e as áreas não aptas para produção

dez.2016

CPI integra câmaras consultivas para REDD+ no Brasil

Clarissa Gandour e Priscila Souza darão contribuição acadêmica às câmaras de Salvaguardas e Captação.

dez.2016

Diretor do CPI colabora com discussão sobre logística de baixo carbono

Workshop organizado pela Coalizão Brasil tem por objetivo a criação de um Plano Nacional de Logística de Baixo Carbono.

dez.2016

Analistas do CPI participam de debates sobre mudanças no Código Florestal em eventos do Ipea

Mesas-redondas abriram oportunidade para aproximar estudiosos da lei ambiental de diferentes públicos.

dez.2016

Intensificação da pecuária é fundamental para a expansão da agropecuária

Publicação da Agroicone sinaliza que a intensificação da atividade é economicamente viável e contribui para redução do desmatamento e implementação do Código Florestal

nov.2016

Agroicone: Nota de esclarecimento sobre a reportagem “Matopiba está perto do limite, diz estudo” (21/11), do Valor Econômico

Agroicone apresenta esclarecimentos sobre a matéria “Matopiba está perto do limite, diz estudo”, publicada pelo jornal Valor Econômico

nov.2016

Convite: Lançamento do livro “Mudanças no Código Florestal brasileiro: desafios para a implementação da nova lei”

Livro do Ipea será lançado na próxima quinta-feira, 17 de novembro, em Brasília.

out.2016

Com apoio do INPUT, Embrapa lança nova versão de sistema que auxilia planejamento e gestão do território

Sistema de Análise Temporal da Vegetação - SATVeg abrange agora toda a América do Sul e poderá contribuir com a elaboração de políticas públicas ambientais e agrícolas relativas ao uso e cobertura da terra

set.2016

Governo Federal define data para PRA

Foi publicada ontem, dia 15 de setembro, a Lei Federal nº 13.335/2016, que atrela o prazo de adesão ao PRA ao do CAR, ou seja, até 31 de dezembro 2017, com possibilidade de prorrogação por mais um ano

ago.2016

Expansão agrícola no Matopiba faz prosperar economia local em municípios do Cerrado

Em nova publicação, Climate Policy Initiative/PUC-Rio indica que intensificação da agricultura nessas localidades gerou aumento de 37% no PIB agrícola per capita

ago.2016

Analistas do CPI assinam capítulo de livro sobre o Código Florestal

Publicação, lançada pelo Ipea, visa debater desafios e oportunidades da nova lei florestal no contexto da conservação e produção agrícola

ago.2016

Artigo apresenta análise histórica da relação entre a produtividade da pecuária e a dinâmica do uso da terra no Brasil

Leila Harfuch, pesquisadora sênior da Agroicone, é uma das autoras do artigo científico que foi publicado neste mês na Revista de Economia e Sociologia Rural

jul.2016

Expansão de usinas de cana-de-açúcar impulsionou crescimento econômico no Mato Grosso do Sul

Climate Policy Initiative/PUC-Rio mostra ainda que ampliação dessa indústria gerou mudanças positivas no uso da terra e na redução do desmatamento

jul.2016

Agroicone lança guia sobre PRAs

Publicação busca orientar produtores rurais e governos para impulsionar o processo de regulamentação dos Programas de Regularização Ambiental (PRAs) nos estados brasileiros

jul.2016

Novo estudo: Climate Policy Initiative analisa ineficiências na infraestrutura de transporte no Brasil

Documento sugere melhorias no setor de rodovias, ferrovias e portos para aumentar a produtividade agrícola no país

jul.2016

Agroicone realiza evento sobre geo soluções para cadeias do agronegócio

Encontro reuniu pesquisadores para apresentação de sistemas de georreferenciamento para planejamento e gestão de uso do solo.

jun.2016

Climate Policy Initiative propõe uso do Crédito Rural para acelerar implementação do Código Florestal

Documento sugere aperfeiçoamento na integração de duas importantes políticas públicas no Brasil

jun.2016

Entenda quais são os efeitos da prorrogação do CAR

Agroicone orienta produtores e atores envolvidos na implementação do Código Florestal diante da prorrogação do CAR

jun.2016

Juliano Assunção participa de evento sobre economia de baixo carbono

Conferência tem o objetivo de discutir mecanismos de precificação de carbono para facilitar a implementação das metas climáticas

maio.2016

Juliano Assunção é um dos palestrantes em evento sobre mudanças climáticas no Museu do Amanhã

O diretor do Climate Policy Initiative no Brasil participa nesta quarta-feira (01/06) do seminário internacional “Oportunidades Econômicas no Contexto das Mudanças Climáticas”

maio.2016

Agroicone publica análise sobre Acordo de Paris e o futuro do uso da terra no Brasil

Publicação, destinada a tomadores de decisão e formuladores de políticas públicas, avalia de que forma o acordo global do clima poderá moldar a dinâmica de uso da terra nos próximos 20 anos

mar.2016

Climate Policy Initiative analisa resolução sobre PRA de São Paulo

A resolução conjunta traz avanços procedimentais, mas algumas questões não foram plenamente resolvidas e podem gerar insegurança jurídica

nov.2015

Climate Policy Initiative lança estudo sobre o Código Florestal brasileiro

O documento vai analisar as complexidades do código, com o objetivo de acelerar sua implementação e promover o uso eficiente da terra

nov.2015

Climate Policy Initiative e Agroicone lançam novo website, INPUT

O Climate Policy Initiative e a Agroicone lançam hoje o novo website do INPUT – Iniciativa para o Uso da Terra (www.inputbrasil.org)