Projetos

Impactos da expansão da cana-de-açúcar no Brasil

A maioria dos países está passando por grandes mudanças em sua matriz energética, com impactos variados nas regiões produtoras de energia. Com o esforço crescente para reduzir as emissões de gases de efeito estufa e a inevitável mudança para energias renováveis, há previsão de que a produção de cana-de-açúcar e de etanol se expanda em todo o mundo. No Brasil, país que é o maior produtor mundial de cana-de-açúcar, estima-se crescimento de 37% da área para este tipo de cultivo na próxima década – o maior aumento entre todos os produtos agrícolas (OECD/FAO, 2015).

Este projeto analisa os impactos gerados pela instalação de usinas produtoras de açúcar, etanol e bioeletricidade no Mato Grosso do Sul, uma indústria que praticamente triplicou de tamanho em oito anos. A pesquisa encontra uma série de impactos positivos decorrentes da chegada das usinas, com investimentos representando em média 130% do PIB municipal. Além disso, observa-se que a instalação de uma usina gera aumento considerável no PIB e na população. Há também crescimento significativo do emprego, dos salários e das receitas fiscais.

São também observadas mudanças no uso da terra, principalmente com a conversão de pastagens em canaviais. Notam-se ainda influências positivas em outras atividades agrícolas, levando a um aumento na produtividade de outras culturas. Entre os mecanismos que contribuem para essas influências estão uma força de trabalho maior e mais qualificada, combinada com melhor acesso a transporte, serviços financeiros, equipamentos agrícolas e atividades de apoio à agricultura.

Dessa forma, esse estudo contribui para a formulação de políticas públicas em três aspectos importantes. Primeiro, os resultados dessa pesquisa são relevantes para o acirrado debate sobre como diferentes fontes de energia afetam as regiões produtoras e, portanto, sobre quais fontes devem ser incentivadas. É válido destacar que, em 2015, 164 países possuem metas de energias renováveis e 145 países possuem políticas de apoio às energias renováveis (REN21, 2015).

Segundo, há crescentes esforços de políticas públicas visando tanto à proteção dos ecossistemas como à elevação da produtividade da terra de forma a atender ao aumento da demanda mundial por alimentos e biocombustíveis. No Brasil, assim como em vários outros países em desenvolvimento, a alocação de terras é historicamente ineficiente. Esse estudo mostra que investimentos em bioenergia podem substituir os combustíveis fósseis e, ao mesmo tempo, tornar o uso da terra mais eficiente.

Finalmente, governos locais frequentemente concedem incentivos fiscais para atrair investimentos privados. A pesquisa examina as profundas mudanças econômicas e sociais que estes investimentos trazem para os municípios.
 

Sugar Curve” por Petra Bensted está licenciada sob CC BY 2.0

Projetos relacionados

Uso da madeira na geração de eletricidade no Brasil

Agroicone

Código Florestal: Desafios para a regularização ambiental

Climate Policy Initiative

Eletrificação, produtividade agrícola e desmatamento no Brasil

Climate Policy Initiative

Impactos locais gerados por usinas hidrelétricas

Climate Policy Initiative

Crédito Rural no Brasil

Climate Policy Initiative

Infraestrutura de transportes e produtividade agrícola

Climate Policy Initiative

Oportunidades florestais nas cadeias do agronegócio

Agroicone

Modelos climáticos e hidrológicos e restauração florestal

Agroicone

Radiografia de pastagens degradadas

Agroicone

Mapeamento de uso e cobertura do solo

Agroicone

Cenários de otimização da adequação ambiental

Agroicone

Instrumentos para implantação do Cadastro Ambiental Rural

Agroicone

Florestas energéticas na geração de bioenergia

Agroicone

Sistema de análise multitemporal da vegetação – SATVeg

Agroicone

Instrumentos de planejamento das paisagens agrícolas sustentáveis

Agroicone

Código Florestal, carbono e mitigação de gases do efeito estufa

Agroicone

Análise de compensação de Reserva Legal e Cota de Reserva Ambiental

Agroicone

Código Florestal em Números

Agroicone

Publicações relacionadas

Notícias relacionadas

maio.2017

Guia apresenta plantas importantes para a regeneração natural do Cerrado e da Mata Atlântica

Publicação apresenta 102 espécies nativas que são típicas dos biomas. Técnica da regeneração natural para restauração de paisagens deverá ser amplamente adotada para cumprimento do Código Florestal

abr.2017

Analista do CPI discute conversão de multas ambientais e legislação comparada na SRB

Joana Chiavari apresentará dois trabalhos ao Comitê de Sustentabilidade

abr.2017

Falta de regulamentação impede que conversão de multas em serviços ambientais seja adotada no Brasil

Em nova publicação, analistas do CPI propõem ajustes na legislação para que mecanismo possa ser utilizado

dez.2016

Intensificação da pecuária é fundamental para a expansão da agropecuária

Publicação da Agroicone sinaliza que a intensificação da atividade é economicamente viável e contribui para redução do desmatamento e implementação do Código Florestal

ago.2016

Analistas do CPI assinam capítulo de livro sobre o Código Florestal

Publicação, lançada pelo Ipea, visa debater desafios e oportunidades da nova lei florestal no contexto da conservação e produção agrícola

jul.2016

Expansão de usinas de cana-de-açúcar impulsionou crescimento econômico no Mato Grosso do Sul

Climate Policy Initiative/PUC-Rio mostra ainda que ampliação dessa indústria gerou mudanças positivas no uso da terra e na redução do desmatamento

jul.2016

Agroicone lança guia sobre PRAs

Publicação busca orientar produtores rurais e governos para impulsionar o processo de regulamentação dos Programas de Regularização Ambiental (PRAs) nos estados brasileiros

jul.2016

Novo estudo: Climate Policy Initiative analisa ineficiências na infraestrutura de transporte no Brasil

Documento sugere melhorias no setor de rodovias, ferrovias e portos para aumentar a produtividade agrícola no país

jun.2016

Climate Policy Initiative propõe uso do Crédito Rural para acelerar implementação do Código Florestal

Documento sugere aperfeiçoamento na integração de duas importantes políticas públicas no Brasil

mar.2016

Climate Policy Initiative analisa resolução sobre PRA de São Paulo

A resolução conjunta traz avanços procedimentais, mas algumas questões não foram plenamente resolvidas e podem gerar insegurança jurídica

nov.2015

Climate Policy Initiative lança estudo sobre o Código Florestal brasileiro

O documento vai analisar as complexidades do código, com o objetivo de acelerar sua implementação e promover o uso eficiente da terra

nov.2015

Climate Policy Initiative e Agroicone lançam novo website, INPUT

O Climate Policy Initiative e a Agroicone lançam hoje o novo website do INPUT – Iniciativa para o Uso da Terra (www.inputbrasil.org)